Centro de Juventude recebe roda de conversa sobre saúde bucal

Ação contou com orientações sobre a importância da escovação, alimentação saudável e principais doenças que acometem a faixa etária dos beneficiários

Centro de Juventude recebe roda de conversa sobre saúde bucal




Nesta terça-feira (20), os beneficiários do programa "Filhos do Sol" participaram de 
uma roda de conversa para orientação sobre saúde bucal no Centro de Referência da Juventude "Enide Maria Fernandes de Aguiar Fracasso", no Jardim Pinheiros. A ação foi realizada em parceria com a equipe de saúde do Estratégia da Saúde da Família (ESF) "Luís Alberto Marin Júnior", no Jardim Pinheiros.

A atividade, coordenada pela enfermeira Rosy Miryam do Prado, foi ministrada pela dentista Maria José Formariz e pela auxiliar Ocelia Aparecida Durante, que orientaram sobre a importância da escovação, alimentação saudável e principais doenças que acometem a faixa etária dos beneficiários.

O assessor de Políticas para Juventude, Igor Emídio, também valorizou a iniciativa. "Esta atividade é fundamental para os beneficiários, pois promove não apenas a saúde bucal, mas também o bem-estar geral, melhorando a autoestima, mas também contribuindo para uma melhor saúde física e emocional. Estamos empenhados em proporcionar mais atividades como essa, pois acreditamos que cada pessoa merece viver com confiança e ter uma vida plena e saudável", salientou.

Flávia Maria Gonçalves de Sant´Ana, gerente do programa "Filhos do Sol" e do Centro da Juventude, falou sobre a importância da ação. "Esta atividade faz parte de um conjunto de ações a serem realizadas ao longo do ano com vistas à saúde integral dos nossos beneficiários", comentou.

Rosy Miryam do Prado apontou que é fundamental a higiene corporal e oral para a prevenção de doenças causadas por vermes, vírus, fungos e bactérias. "Atitudes como lavar as mãos, escovar os dentes e tomar banho diariamente, apesar de serem simples, são de extrema importância em qualquer idade e faz a diferença", completou a enfermeira.

O "Filhos do Sol", Programa Municipal de Transferência de Renda, Oferta de Ações Socioeducativas, Qualificação Profissional e Vivência no Mundo do Trabalho a Adolescentes e Jovens em Situação de Extremo Risco Pessoal e Social, é executado e gerido pelas secretarias de Assistência e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e Participação Popular, com o propósito de garantir o direito à renda mínima e a inclusão a adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos de idade e que se encontram em situação de extremo risco pessoal e social. Atualmente, o programa conta com 70 beneficiários. A equipe também contou com uma ampliação de sua equipe técnica, que agora é composta por duas psicólogas e duas assistentes sociais.
 
 
Centro de Juventude recebe roda de conversa sobre saúde bucal 02